Close

Elza Soares traz “Planeta Fome” pela primeira vez ao Nordeste

Elza Soares traz “Planeta Fome” pela primeira vez ao Nordeste

A terceira atração nacional confirmada para o Festival Elos foi eleita a Melhor Cantora do Milênio pela BBC de Londres: trata-se de ninguém mais, ninguém menos que Elza Soares. A cantora traz o show do mais recente álbum, Planeta Fome (2019), para o Nordeste pela primeira vez no sábado, 23, no Aterro da Praia de Iracema. 

Apresentado no palco sunset do Rock in Rio, em setembro, o show promete emoção e bravura. A consciência política de Elza, presente no disco – o 34° da carreira, evoca “um brasil que soca e outro que apanha”. Para a cantora, o “Brasil só está gripado, vai passar logo”. 

A apresentação promete ser reluzente na coragem que Elza Soares mostra ao público há mais de seis décadas. No repertório, além das atuais, incluindo uma canção toda composta pela primeira vez pela cantora (Menino), há hits dos últimos trabalhos (como os de “A Mulher do Fim do Mundo”, 2015).

O Planeta Fome de Elza

Com 14 anos, ainda aspirante a cantora, Elza foi ao programa “Calouros em Desfile”, na Radio Tupi, apresentado por Ary Barroso. Ao vê-la vestida com uma roupa pobre, o apresentador perguntou: “De que planeta você veio, minha filha?”. E ela respondeu: “Do mesmo planeta que o senhor, do planeta fome”. 

Elza almejava, até então, apenas acabar com a fome dos filhos. Hoje, uma das maiores lendas da música brasileira, permanece faminta, clamando por cultura, dignidade, educação e igualdade. “Planeta Fome” é sobre humanidade, vazios e razões de existir. 

 

A cartunista Laerte ilustrou sua visão desse que é um planeta com tantas fomes.

A expectativa é de um show tão forte quanto o álbum e tudo o que está ao redor de sua criação. O figurino de Elza, inclusive, é feito com alfinetes que remetem à roupa que usava no dia do programa de Calouros. A cantora nunca subiu ao palco sem um alfinete. “Fui espetada a vida inteira, passei fome de comida e hoje tenho outras fomes. “Minha espada é o microfone e ele corta, corta seco”, conta.

Com direção criativa de Pedro Loureiro, produção de Juliano Almeida e figurino de Alexandre Linhares, Elza é a grande atração da segunda noite do Festival Elos, que na edição 2019 traz ainda Francisco, el hombre (sexta, 22), e Vanessa da Mata (domingo, 24). Toda a programação é gratuita.